Marina Nabais

Bailarina e Coreógrafa

Nasceu em Luanda, viveu no Rio de Janeiro e em Amesterdão, e reside e trabalha em Lisboa, desde 1998. Mestre em Artes Performativas, especialização em Teatro do Movimento, pela Escola Superior de Teatro e Cinema, Lisboa (2011-2013). Bacharelato pela Escola Superior de Dança, ramo de Espetáculo, Lisboa (1992-1995). Pós- graduação na School For New Dance Development, Amesterdão (1995-1997). Curso de Dança na Comunidade do Fórum Dança de Lisboa (2006). Desde 2003 é diretora artística, produtora e gestora das associações a menina dos meus olhos, associação cultural e a partir de 2013 Marina Nabais Dança, associação cultural.
Como diretora artística e coreógrafa, destaca: Avesso (2008), Por um Rio (2011), O Peso de uma Semente (2013), Dançário (2014), De Seda (2015), CORPO-MAPA-LIVRO (2016), Na Ausência do Meu Corpo (2017), Vagar (2018), Em Branco e Suspenso (2019),
Pequenos Poemas do Agora e Micélio (2020). Como intérprete trabalhou com: Companhia de Dança de Almada, António Tavares,
Nigel Charnock, Peter Michael-Dietz, Teatro “O Bando”, Luís Castro, Lúcia Sigalho, Aldara Bizarro, etc. Desenvolve, ainda, um trabalho
pedagógico na área da dança, com diferentes faixas etárias e diferentes estruturas tais como: Adeco, Companhia de Dança de
Almada, Câmara Municipal de Loures (Dançarte), Culturgest, AMDA, Lugar Presente, Teatro Universitário do Minho, Fórum Dança, O
Teatrão, Teatro Maria Matos, Museu do Douro, Teatro Viriato, ArtemRede, Conservatório Nacional de Lisboa, Real Pelágio.

Marina Nabais

©Carlos Melo